PERDÃO: O Maior Beneficiado é VOCÊ!

O perdão consiste da decisão mental de colocar um ponto final em uma determinada questão. Embora seja esta uma atitude muito coerente, deparamo-nos com um enorme desafio ao tentarmos colocá-la em prática.

Tendo em vista que, humanamente falando, perdoar é extremamamente difícil, refiro-me ao perdão não como um ato momentâneo e sim como um processo. Raramente o verdadeiro perdão ocorre da noite para o dia e há casos em que este processo leva anos, literalmente roubando um precioso tempo de vida. “The bad news”, no entanto, é que quem sofre e fica emocionalmente estagnado é justamente aquele que não consegue perdoar.

A falta de perdão causa muita tristeza, dor, angústia, solidão, insônia, rejeição e envelhecimento, entre outros aspectos negativos. Existem vários sintomas e enfermidades ligados a dificuldade do indivíduo em conseguir praticar o perdão. Segundo médicos e especialistas, há uma série de enfermidades que podem ser acentuadas, ou até mesmo causadas, por mágoa e rancor, como, por exemplo, doenças alérgicas, dores de cabeça, dores musculares, queda de imunidade, gastrites e úlceras, fibromialgia, problemas intestinais, problemas de pele, depressão e problemas de memória.

O processo de perdoar faz com que o sofrimento, seja emocional ou físico, vá gradativamente perdendo sua força, até que as dores cessem por completo. Consequentemente, os sentimentos de ódio, raiva e vingança que outrora aprisionavam e consumiam a pessoa ofendida deixam de encontrar terra fértil em seu coração. Quando o indivíduo que sofre deste mal renova sua mente e se dá conta de que seus pensamentos são os responsáveis por uma vida equilibrada, este passa a disciplinar sua mente, não mais cultivando pensamentos negativos ou destrutivos, sentindo assim a paz invadir seu coração. Neste momento, você pode estar se perguntando: “mas como posso fazer isso?!”.

Inúmeras vezes pude ouvir pessoas que, sem refletir, alegaram que determinado “fulano ou ciclano” não mereciam seu perdão. Ao ouvir isto, minha primeira pergunta sempre foi “você se sente merecedor de carregar consigo estes sentimentos destrutivos de raiva ou ódio?” Na verdade, a pessoa que está presa, comprometendo seu bem estar, é sempre aquela que carrega tais sentimentos.

Se você mantém vivos em seu coração os sentimentos que lhe causam dor, você está sofrendo e sendo altamente prejudicado pela sua própria maneira de pensar. Ao tomar a decisão de perdoar, VOCÊ será o maior beneficiado. O valor terapêutico que o perdão traz para a alma é imensurável.

Para manter seu equilíbrio e uma vida saudável, sugiro que você se recuse a permitir que o seu passado determine a qualidade do seu presente, bem como observe o impacto que suas decisões podem ter sobre seu futuro.

Discipline sua mente. O que você está cultivando em sua mente hoje e agora, é exatamente o que fará parte de sua vida amanhã. Prender-se a qualquer tipo de ressentimento é como beber veneno e esperar que a outra pessoa morra. É essencial perdoar, pois somente através do perdão é que se pode obter a libertação das dolorosas cadeias emocionais. Perdoar é como abrir as janelas do coração e deixar a brisa varrer toda e qualquer sujeira acumulada. Trata-se de uma faxina emocional, necessária ao coração, para que este possa ser tocado pelo brilho, a luz, e o calor do sol.

De modo geral, o perdão é concedido sem nenhuma expectativa de reconhecimento ou compensação e pode ocorrer até mesmo sem que o perdoado tome conhecimento. Uma pessoa pode, por exemplo, perdoar aquele a quem não vê há muito tempo ou que até mesmo já haja falecido.

Se você parar e ponderar, concluirá que a escolha consciente de perdoar é de vital importância, pois, a bem da verdade, o perdão faz com que você, e não necessariamente o outro, possa viver melhor. Ao invés de amargar-se, permitindo que a boca fale sobre os sentimentos ruins que invadiram e acompanham seu coração, opte por perdoar e você verá que este processo, ao final das contas, pode não ser tão difícil assim, já que facilita a sua própria vida.

Você merece ser feliz, não é mesmo? Como poderá ter uma vida gratificante se seu coração estiver cheio de amargura e ressentimento?

Encorajo você a decidir perdoar e a começar este processo perdoando você e seus próprios erros. Se você errou, assuma responsabilidade por cada um de seus enganos, aprendendo com seus erros e refazendo sua vida. Concentre-se na vida nova que, ao limpar seu coração, você estará proporcionando a sí mesmo. Isto significa que, embora você não esqueça o que lhe foi causado ou vivenciado, as lembranças não te machucarão mais nem lhe causarão dor.

A decisão é inteiramente sua!

Não se permita estar na condição de vítima de seus erros. Mude sua história e vença suas barreiras! Através do perdão, transforme-se em seu próprio herói.

Comece hoje! Comece se perdoando! Caso seja necessário, faça uma lista das pessoas que você necessita perdoar. Afinal de contas, ao liberar perdão o maior beneficiado é simplesmente, VOCÊ!!!

A minha oração para você neste exato momento, meu querido leitor, é que você possa aprender a colocar em prática o perdão. E que seja verdadeira e presente na sua vida a oração do Pai Nosso, quando rogamos:

“Perdoai as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos têm ofendido.”

Deus abençoe seu dia com coragem, perdão, sabedoria e graça!

Dra. Claudia Martins

Apoio Multi Holding

Dr. Claudia Martins’ photo produced by www.passportpictures.org

12 Comment(s)

  1. Querida irmã,
    Belíssima reflexão!!!! Devemos sempre praticar O exercício do Perdão a cada dia para podermos ser mais livres e felizes.
    Deus te abençoe querida!!!

    Martha | set 14, 2010 | Reply

  2. Querida irmã,
    Belíssima reflexão!!!! Devemos sempre praticar O exercício do Perdão a cada dia para podermos ser mais livres e felizes.
    Deus te abençoe querida!!!

    Martha | set 14, 2010 | Reply

  3. Simplesmente Maravilhoso a forma que você mais uma vez explicou e nos desafiou a mudar!

    Priscylla | set 14, 2010 | Reply

  4. Clau Querida!
    Amei todas as mensagens! Que você continue a ser usada por Deus e o Espirito Santo falando ao seu coração para que nós sejamos edificados! Obrigada por estas palavras lindas!
    Um dia abençoado, amiga!
    Beijos,
    Mari Samara

    mariana | set 14, 2010 | Reply

  5. Muito obrigada, Claudia!
    Esquecemos como é importante perdoarmos a nós próprios. Amar a nós próprios. E que este perdão seja verdadeiro, profundo e definitivo.
    Que bárbaro este caminho de crescimento e mudança. Intrigante e gratificante.

    Wal Rosa | set 14, 2010 | Reply

  6. Cláudia,

    Parabéns pelo texto “PERDÃO: O Maior Beneficiado é VOCÊ!”

    Deus está lhe usando e vai usar de forma poderosa para libertar pessoas.

    Rosa Munguba Bezerra | set 14, 2010 | Reply

  7. Claudia amada,

    Você escreve com uma clareza e simplicidade cativante. Que muitos possam ler, praticar, mudar para melhor.
    Um refrigério para a alma.
    Deus continue te abençoando nesta caminhada.

    Lis Rejane Oliveira | set 14, 2010 | Reply

  8. Dra. Claudia,

    Sempre vi o perdão como algo que as pessoas procurassem receber de outras, mas este aspecto do perdão apresentado no seu artigo me fez refletir muito. Vejo que eu sou mais um desses aprisionados que precisa começar perdoando a mim mesmo. Segui seu conselho e minha lista está maior que eu imaginava. Obrigada pela reflexão, Dra Claudia!

    Mauricio

    Mauricio | set 18, 2010 | Reply

  9. Claudia,

    Gostei muito desta mensagem sobre o perdão. Realmente as pessoas que não conseguem perdoar,sofrem muito e são as mais prejudicadas.
    Acredito que se queremos ser perdoados, precisamos primeiramente perdoar o nosso semelhante.

    Continue com seu trabalho, tenho certeza que esta sendo uma inspiração muito boa para muitas pessoas.

    Abraço,
    Sonia

    Sonia Teilor | out 1, 2010 | Reply

  10. Olá Claudia,

    Como sempre, suas palavras me confortam muito e estão me dando muita força para me tornar uma pessoa melhor comigo mesmo, para poder ser ainda melhor para com os outros.

    Obrigado

    Danilo

    Danilo | out 11, 2010 | Reply

  11. Minha querida amiga, mais uma vez parabéns por essa reflexão linda sobre o perdão. Tenho aprendido muito com suas palavras de incentivo ao ato de perdoar.

    Deus te abençõe sempre!!!

    Angelita

    Angelita Souza | nov 6, 2010 | Reply

  12. Querida, obrigada pelos seus ensinamentos. Suas palavras são muito sábias e estão sempre acrescentando muito na minha vida.
    Obrigada, desejo que Deus te retribua em bençãos.

    Ana Lucia | nov 14, 2010 | Reply

Post a Comment